Seja bem vindo ao meu cantinho!!!

Obrigada por acessar minha página, espero que goste, e que o conteúdo seja edificante para você!



quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

O Difícil Exorcismo na Igreja Evangélica



É fácil expulsar o demônio,

Difícil é expulsar o analfabetismo bíblico,o sincretismo evangélica, a ganância financeira e a Doutrina da Prosperidade, o "templocentrismo" e a "geografismo" espiritual com seus demônios territoriais.

É fácil expulsar uma legião de capirotos,

Difícil é expulsar os ritos da macumba das igrejas evangélicas, o adoecimento doutrinário e ficar somente com a sã doutrina, os milagres falsos e os testemunhemos bem como

É fácil expulsar uma casta de demônios, basta oração e Jejum como disse Jesus

Difícil é expulsar os falsos apóstolos e os falsos profetas, o endurecimento daqueles que foram doutrinados com a mentira o demônio do utilitarismo, do servilismo e da idiotice evangélica bem como a casta do neopentecostalismo do coração.

É fácil expulsar o império das trevas.

Difícil é expulsar as trevas dos impérios eclesiásticos, o demônio do crescimento numérico, a infantilidade a fim de nos tornarmos maduros e adultos na fé, difícil é expulsar do coração a religião pagã do evangelicalismo.

É fácil exorcizar os espíritos imundos.

Difícil é expulsar a imundície do espírito da Nova Era da igreja evangélica. Difícil é controlar o espírito e não bravatear que tal cidade pertence ao Senhor Jesus. (Pv16. 32). Difícil é expulsar o “compromisso missionário” como investimento com retorno financeiro garantido. Difícil é expurgar o espírito de barganha

É fácil exorcizar Satanás.

Difícil é expulsar a compreensão satânica do culto do descarrego, as correntes que acorrentam os incautos e as fogueiras santas que queimam a verdadeira espiritualidade. Difícil é exorcizar a unção do riso, a unção do emagrecimento e o cair no espírito. Difícil é expulsar os símbolos, as campanhas, os uniformes, os escudos, as bandeiras, slogans, logotipos, enfim, todos os componentes de amarração psíquica e mentalidade uniforme que esmaga a piedade. Difícil é amarrar os apelos financeiros exagerados onde as pessoas deixam de ser rebanho e passam a ser mala-direta, mantenedores e parceiros de empreendimentos.

É fácil dizer: Arreda-te Satanás!

Difícil é expulsar a ênfase exagerada nos recursos da administração moderna. Difícil é expulsar do corpo de Cristo chamado igreja a falaciosa cultura de que uma igreja viva é necessariamente bem-organizada. Difícil é expurgar o orgulho administrativo que diz: Eu sou rico e abastado e não tenho necessidade de coisa alguma. Difícil é reconhecer-se como cego, pobre e nu, quando tudo prospera a sua volta e o império pessoal esta em franco desenvolvimento.

É fácil expulsar o demônio das enfermidades.

Difícil é expulsar as enfermidades das doutrinas dos demônios, o judaísmo, o sábado como compreensão do dia sagrado. Difícil é não tocar o shofar como ato profético, é não levar a arca da aliança de brinquedo, é não fazer o voto do nazireado, é expulsar os apóstolos de mentirinha. Difícil é expulsar o cultos do reteté, o sapatinho de fogo, o dente de ouro e o culto dos mistérios. Estas castas não são expulsas do meio evangélico nem com oração e nem com jejum! Somente com o arrependimento que teve Manasses. “Para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para o outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Ef. 4.14 “Ora o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios.” I Tm. 4.1.

Fonte melodiaconquista.com.br

domingo, 28 de novembro de 2010

Tomando posse da verdadeira benção que vem de Deus!

      Muitas são as aflições do justo, mas o senhor os livra de todas" (salmos 34:19)

     Amados(as)
     Hoje vou falar um pouquinho do discernimento da verdadeira bênção de Deus para as nossas vidas.
     Muitas vezes passamos por provas, o nosso Deus nos permite vivenciar lutas, dificuldades, provações tão intensas que em certos momentos pensamos ser intermináveis, essas provações pode acontecer de várias maneiras:
    Através de Enfermidades, dificuldade financeira, depressão, angústia, dor, desmotivação pela vida , perda de um grande amor, perda de um ente querido...Enfim, são aflições que o próprio Jesus nos preveniu que passaríamos por elas, ele disse:  "No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu vencí o mundo"  e é com essa certeza que aquele que conhece o evangelho de Deus jamais se desespera, pois  isso é na verdade, um grande  motivo de agradecermos ao nosso Deus.

    Bom, analisando os fatos tudo parece desconexo, afinal, como é que podemos ou devemos agradecer a Deus pelas dificuldades, isso não nos parece um tanto quanto estranho?
    Sim, é isso mesmo, devemos sim AGRADECER A DEUS PELAS NOSSAS PROVAÇÕES. Tiago nos alerta que devemos estar alegres ao passarmos por provações, pois é através dela que exercitaremos nossa perseverança em servir à Deus.

     “Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações, sabendo que a aprovação da vossa fé produz a perseverança;” ( Tiago 1: 2-3) 

     Pessoas não cristãs habitualmente tendem a nos subestimar com a seguinte pergunta: Onde está o seu Deus? Alguns chegam mesmo a oferecer saídas estratégicas "fáceis", mas contrárias à palavra de Deus. Hoje em dia é comum nos depararmos com "igrejas" que defendem essa temática,  afinal o Diabo odeia o crente que é perseverante em servir a vontade do senhor e por isso ele sempre oferece saídas fáceis para tudo.

     Amados(as), sejamos sábios(as) e peçamos à Deus que nos direcione e que sempre nos dê discernimento do que é ou não é  bênção nas nossas vidas, 

        Vigiai e Orai,
        SEMPRE!
        amém?

           Que o Senhor tenha misericórdia de nós, e que sejamos perseverantes na nossa fé.



     

sábado, 13 de novembro de 2010

A loja de Deus


"Entrei e vi um Anjo no balcão.
Maravilhado, disse-lhe:
- Santo Anjo do Senhor, o que vendes ?
Respondeu-me:
- Todos os dons de Deus.
Perguntei:
- Custa muito?
Respondeu-me:
- Não, é tudo de graça.
Contemplei a loja e vi jarros com sabedoria, vidros com fé, pacotes com esperança, caixinhas com salvação, potes com amor. Tomei coragem e pedi:
- Por favor, Santo Anjo, quero muito amor, todo o perdão, um vidro de fé, bastante felicidade e salvação eterna para mim e para minha família também.
Então o Anjo do Senhor preparou-me um pequeno embrulho, tão pequeno, que cabia na palma da minha mão. Maravilhado, mais uma vez, disse-lhe:
- É possível tudo estar aqui ?
O Anjo respondeu-me sorrindo:
- Meu querido irmão, na loja de Deus não vendemos frutos. Apenas sementes."

              Autor desconhecido.


terça-feira, 26 de outubro de 2010

Fertilizando a nossa fé!

       Hoje gostaria de falar um pouco de FÉ.
                                                                    O QUE É FÉ?
        A bíblia nos diz que "A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem." (Hebreus 11:1)

         Portanto, nossa fé não resume-se em meras doutrinas, ela é o resultado da intimidade que adquirimos através do nosso relacionamento com o pai.
Fé, não se resume à um conjunto de dogmas e regras, Fé é bem mais que isso, Fé é relação íntiima e profunda com Deus, e para desenvolvermos esse adjetivo na nossa vida, é nescessário que tenhamos conhecimento e obediência da palavra de Deus.
        Quando nos convertemos, o espírito Santo de Deus nos invade e vamos enchendo nosso coração de fé.
        A bíblia diz que" a fé vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus" e é por isso que é importantíssimo a leitura da bíblia e sua meditação dia à dia.
O fruto da nossa fé deve ser visível na nossa casa, no trabalho, na rua, de forma que as pessoas reconheçam algo diferente através de nossa vida. Muitas vezes somos impacientes na fé, não sabemos esperar o tempo de Deus, queremos que tudo aconteça ao nosso modo, mas devemos crer que se Deus está no controle de todas as coisas, ele também saberá o momento certo de tudo acontecer nas nossas vidas, pois apenas ele conhece nosso futuro.
        Saiba que se Deus te plantou onde você está é porque ele quer que você dê frutos aí mesmo. Quando observamos um bonito jardim, cheio de plantas lindas e árvores frutíferas, veremos também que foi nescessário que alguém fizesse uma reestruturação naquele lugar para que essas plantas começassem a nascer, foi nescessário arrancar as ervas daninhas, arrancar as pedras e só a partir daí é que o ambiente foi se transformando. Pois é exatamente isso que Deus quer realizar nas nossas vidas, ele quer que cuidemos do nosso pomar da vida, quer que tiremos as possíveis " ervas daninhas" da nossa vida, e quer que floresçamos na fé.
Não há deserto, não há chão duro demais que não possa ser fertilizado e que não possa florescer. Não existem famílias difíceis demais, nem trabalho tão terrível.
Nós fomos plantados onde estamos exatamente para mudar o ambiente ao nosso redor. O fruto da nossa fé é saber transmitir a essência de Deus exalando o doce perfume de Cristo através das nossas vidas.
        Jesus Cristo quer fertilizar a nossa fé a cada dia, mais e mais.

        Que nós possamos refletir nessa palavra e permitir que Deus trabalhe  isso em nossos corações!

Que ele abençoe a sua vida!

Iara

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Jesus, meu salvador!

     Quero aproveitar esse espaço pra falar de JESUS, o autor e consumador da nossa fé.
     Esse Jesus morreu na cruz pra nos salvar, só através do sacrifício dele no calvário é que podemos afirmar com certeza que somos salvos, pois viveremos com ele na glória.
A bíblia nos afirma em Efésios 2: 8-9,"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
    Não vem das obras para que ninguém se glorie"
     Isso nos prova que somente somos salvos mediante a nossa fé , basta entregarmos nossa vida à Jesus, e confessar com a nossa boca que foi apenas pela sua graça que  fomos salvos, não adianta pensarmos que receberemos salvação por praticarmos boas obras, a  "teoria da reencarnação", tão falada e propagada por milhares de pessoas, não faz sentido,a bíblia nos diz:
     "Aos homens esta ordenado morrerem uma só vez, vindo depois disso o juízo" (Hebreus 9:27)
     O único homem que ressuscitou, foi JESUS,  o filho de Deus, ele se fez homem para nos dar vida eterna e morreu pra nos salvar, ressucitando ao terceiro dia.
     A ressurreição é a prova indiscutível de que a mensagem de Jesus é verdadeira. A ressurreição de Jesus demonstrou sua vitória sobre a morte. Jesus matou a morte.
Mas Deus o ressuscitou dos mortos, rompendo os laços da morte, porque era impossível que a morte o retivesse.

     O que tenho a dizer pra vocês é que eu estou certa de que esse Jesus é o meu único e suficiente salvador.

     Que Deus, em sua infinita sabedoria e graça, abençoe todos vocês que lerem essa postagem.

                                                                    Iara




quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Dá-me um coração igual ao teu,pai!

     Se tu olhares senhor, pra dentro de mim, nada encontrarás de bom. Mas um desejo eu tenho, de ser transformada, preciso tanto do seu perdão, dá-me um novo coração...
     Dá-me um coração igual ao teu, meu Mestre!
     Coração disposto a obedecer, cumprir todo o teu querer.
     Dá-me um coração igual ao teu...
     Ensina-me amar o meu irmão, a olhar com teus olhos, perdoar com o teu perdão!
     Enche-me com o teu espírito, endireita os meus caminhos...Oh Deus, dá-me um novo coração...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

MINHA HISTÓRIA DE VIDA, BUSCANDO VALORES ETERNOS...

              Eu sou uma mulher cristã, desde a minha tenra infancia, fui criada indo na igreja, assistindo a escola dominical, participando das peças teatrais da igreja, dos musicais, cantatas, congressos, intercambios...e por aí vai...uma infinidade de experiencias com a "vida religiosa" de uma jovem que se diz evangélica e que foi criada na igreja.
               Porém a experiencia que tenho a partilhar com voces é no mínimo um pouco contraditória à tudo isso.
             Aceitei a Jesus como meu senhor e salvador pessoal aos 11 anos de idade, me batizei logo em seguida, tudo foi muito expontâneo, minha mãe me levava pra igreja, mas em momento nenhum ela me forçou a nada...eu o fiz porque quis, porque sabia que esse seria o caminho mais certo a trilhar...mas na verdade algo me faltava...O que seria?
Os anos foram se passando....Fiz 18 anos, tive meu primeiro namorado, e pude através desse relacionamento conhecer um pouco mais do que a vida lá fora me tinha a oferecer...confesso que não fui diferente das outras jovens, tive meus momentos de questionamento comigo mesma, e por algum tempo cheguei mesmo a me afastar da igreja pra tentar vivenciar um pouco do que o mundo pudesse me oferecer...aos 23 pra 24 anos eu ja era uma moça, formada na faculdade, já era responsável, ja ganhava meu próprio salário e ainda tinha sobre meus ombros a responsabilidade de ser arrimo de família, (pois meu pai havia saído de casa na minha adolescencia, deixando que eu e minha mãe nos virássemos sozinhas) confesso que isso não foi fácil pra mim...eu via minhas amigas todas trabalhando fora e podendo comprar suas roupas e calçados, mas comigo era diferente...eu tinha que comprar comida pra casa, pagar água , luz, gáz...isso me deixava um pouco frustrada...e revoltada com aquela vida...

Logo em seguida eu conheceria meu futuro esposo...ele não era evangélico, eu o conheci num baile...(veja se moça crente frequenta bailes?) por aí ja dá pra perceber o grau da minha rebeldia...pois bem,   casei-me aos 26 anos de idade, tive 2 filhas que hoje eu sei, são heranças de Deus pra minha vida, mas o fato, é que aquela essência real do primeiro amor, que é o amor de JESUS na minha vida, eu nunca tinha vivido...eu continuava na igreja por continuar, parei de tocar guitarra no ministério de música , ja nao partiipava mais de congressos , até cheguei a ganhar uma medalha de ouro por interpretação no festival de música gospel em um desses congressos, no meu tempo de solteira, mas agora, ja casada, eu não fui sábia o suficiente pra ganhar meu esposo pra Jesus, pelo contrário, eu deixei que ele me levasse pros prazeres do mundo...íamos pra bailes, festas, shows, e eu participava com ele até das mesas de cervejas e outras bebidas...foi uma fase aparentemente boa, éramos felizes, pelo menos aparentemente felizes, pois  nao tardou muito e ja vieram  as discussoes, O ciume excessivo, as brigas e depois, como ja era de se prever, a separação foi inevitável...
Eu preciso deixar claro aqui que um dos versículos que mais me tocam o coraçao, depois de toda essa experiencia que tive, é o versículo  de provérbios 14:1, "Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola, derruba-a com as próprias mãos."
Infelismente eu fui uma mulher tola naquela época, pois eu não tinha a intimidade com Deus e nem a sabedoria que tenho hoje ,e posso afirmar, com toda a certeza absoluta que apenas agora, já na maturidade dos meus 40 anos é que posso dizer que tive realmente uma experiência íntima com esse grande amigo e salvador JESUS.
     Somente agora posso dizer que a minha vida foi se transformando ao longo de todos esses anos para que eu aprendesse a dar valor às coisas que antes eu julgava insignificantes...
     Somente agora, que perdí minha mãezinha foi que eu aprendí a dar importância a esses VALORES ETERNOS...que foram sementinhas que ela plantou no meu coraçao na minha mais tenra infância e que agora florescem, amadurecem e dão frutos, para a honra e glória do Senhor...
O que posso dizer que são esses valores eternos pra minha vida?
Em Mateus 6:33 está escrito: "Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e as demais coisas vos serao acrescentadas"
subentende-se através desse versículo que se buscarmos esse Deus de todo nosso coração e nele depositarmos nossa total confiança, e seguirmos obedecendo a sua palavra,  as outras coisas virão como brinde, como prêmio para as nossas vidas...Pois DEUS É FIEL.
Os bens materiais não são maiores do que os valores eternos.
Experiencia de vida também nao são maiores que valores eternos...
Se pararmos para analisar veremos que Valores eternos são as coisas que vem do alto, do céu, de Deus...
Agora sim, eu tenho certeza disso, agora sim eu posso dizer que JESUS É O MEU AMOR MAIOR...

O homem sábio ajunta para si valores eternos, mas o homem louco, ajunta coisas de valor terreno,  "Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a sua alma?" (Mateus 16:26)

VOCÊ QUE PORVENTURA PASSAR POR ESSA PÁGINA E LER ESSA POSTAGEM, PENSE NISSO E QUE ESSE MEU TESTEMUNHO DE VIDA SIRVA DE EDIFICAÇÃO PARA SUA VIDA.


sábado, 19 de junho de 2010

Como uma folha seca...

Eu não aguento mais...
Passar as noites sem saber o que vai ser
do novo dia quando ele amanhecer...
Quase sem vida ,já não tenho mais prazer.
Eu não aguento mais...
Viver num mundo desprezado e sem amor,
Por isso eu vim aqui e peço ó Senhor!!
Receba a vida deste pobre pecador.

Ó Deus! estou aqui!
Pois me disseram que Tu és o Deus da paz!!!
Então me ajuda,pois eu já sofri demais...
O meu tormento parece não ter mais fim.

Como uma folha seca arrastada pelo vento,
Abandonada estou no mundo sem alento...
Desesperada estou então,venha curar meu coração
Já não suporto mais a dor da solidão...

Obs:  Esse texto nada mais é do que a letra de uma música da Mara Maravilha, mas hoje ela é tudo que vai de encontro com o que diz a minh'alma...

Que o senhor abençoe a vida de todos que passarem por aqui!

terça-feira, 25 de maio de 2010

A melhor escolha! Que caminho devo seguir???

         Uma grande benção que Deus nos dá é a oportunidade de decidir sobre nossas escolhas. Ao mesmo tempo temos a informação de que sofreremos as consequências dessas escolhas. Se forem boas, teremos consequências agradáveis, se forem ruins, teremos consequências desagradáveis...mas uma coisa é certa: somos nós quem escolhemos o caminho que queremos seguir, Isso se chama, livre-arbítrio, a capacidade dada ao homem, por Deus, para escolher entre o bem e o mal.          Podemos decidir sobre as escolhas, mas não sobre as consequências. Isso me faz lembrar da menininha que, desobediente à mãe, escolheu outro caminho. Como diz  o ditado, deu-se mal: figurada e literalmente. Chorando, ela dizia:
"Eu estou sofrendo, não pode ser assim, não esperava que viesse isso".
 Ela  sabia que podia escolher o que fazer, mas não sabia o que aconteceria. Afinal, ela era apenas uma criança...Mas o mesmo não acontece conosco, principalmente quando conhecemos a palavra de Deus.  As consequências são inevitáveis.
        O curioso de tudo é que as bençãos são condicionadas às escolhas certas que fazemos e Deus, com clareza, informa isso. O mesmo acontece com a maldição. (veja Deuteronômio 30.11-20) frisando aqui o versículo 19,  "Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência"
         Ninguém é apanhado de surpresa, sem aviso. Em sua justiça, Deus informa o que acontecerá após essas escolhas.
         O apelo de Deus é que escolhamos corretamente. Embora apresente os dois lados ,com respeito à maldição apenas informa as consequências. Sobre a bênção, entretanto, faz um apelo amoroso: " Escolhe, pois a vida para que vivas, tu e a tua semente"
        Que escolhas temos feito em nossas vidas? Será que realmente temos escolhido amar a Deus e serví-lo de todo o coraçao?
        Os céus e a terra são testemunhos das oportunidades divinas.
         Hoje senti o desejo em meu coração de estar aqui falando sobre essas escolhas, pois sinceramente, não sei que escolha eu devo fazer, nem que caminho eu devo seguir, mas a única coisa que tenho certeza é que não abro mão da tua misericórdia na minha vida, Senhor! e não abro mão de seguir os teus mandamentos, fazer a tua vontade!

"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.
 E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno."[salmos 139:23-24)


sexta-feira, 21 de maio de 2010

O Desafio da Fé

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
 Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação." (Habacuque 3: 17-18)

           É fácil confiar em Deus quando tudo vai bem. Mas quando vêm as tempestades, as enfermidades, as crises, entãos nos desesperamos e já não podemos continuar confiando.
Admiro o profeta Habacuque porque ele foi um servo de Deus que se permitiu todo tipo de reação ante a crise que viviam, ele e seu povo. Começa sua profecia questionando ao Senhor "até quando?". Queixa-se da situação e das incoerências da sociedade na qual estava inserido. Mas também estava aberto para escutar ao Senhor, e foi desafiado a seguir por fé. Ao final ele reconhece a grandeza do seu Deus. Um Deus justo, poderoso, misericordioso, sábio, fiel e verdadeiro era a base da sua fé. Ele sabia que as coisas não iam bem e que podiam até piorar. Mas independente das circunstâncias, ele seguiria confiando no Senhor.
           Você pode estar pensando: " Mas isso é tudo o que eu quero! Venha o que vier, poder continuar confiando no Senhor". É muito conhecida a história do menino que estava viajando sozinho de avião. Deram-lhe toda a atenção, já que era só uma criança. Mas ele não aparentava ansiedade, nem preocupação. O avião decolou, e no meio da viagem começou a formar-se uma grande tempestade, e o avião foi jogado de um lado a outro. Os passageiros começaram a ficar aflitos e inquietos. Uma senhora que estava ao lado do garoto, preocupada com sua situação, lhe perguntou se não tinha medo. E ele respondeu: " Não. Meu pai é o piloto!"
            Não é fácil confiar em momentos de crises, a não ser que coloquemos nossa fé no único piloto em quem se pode confiar: CRISTO.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Reflexão e Oração

         Leitura para reflexão: (Jonas:2 1-10)



 E OROU Jonas ao SENHOR, seu Deus, das entranhas do peixe.
 E disse: Na minha angústia clamei ao SENHOR, e ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e tu ouviste a minha voz.
 Porque tu me lançaste no profundo, no coração dos mares, e a corrente das águas me cercou; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado por cima de mim.
 E eu disse: Lançado estou de diante dos teus olhos; todavia tornarei a ver o teu santo templo.
 As águas me cercaram até à alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça.
 Eu desci até aos fundamentos dos montes; a terra me encerrou para sempre com os seus ferrolhos; mas tu fizeste subir a minha vida da perdição, ó SENHOR meu Deus.
 Quando desfalecia em mim a minha alma, lembrei-me do SENHOR; e entrou a ti a minha oração, no teu santo templo.
 Os que observam as falsas vaidades deixam a sua misericórdia.
 Mas eu te oferecerei sacrifício com a voz do agradecimento; o que votei pagarei.
 Do SENHOR vem a salvação.
 Falou, pois, o SENHOR ao peixe, e este vomitou a Jonas na terra seca.


        Alguém disse, certa vez, que "Jonas é o bumbo da festa". Todo mundo gosta de bater nele. Mas ele é, sem dúvida, um personagem bastante curioso. No princípio, foge de Deus, e não lembra que é um profeta, um homem que tem o dever de falar a palavra de Deus. Esquece-se de Deus, do compromisso, de sua chamada, e foge. Dá-se mal. Na hora da aflição, lembra de Deus. Não orou para saber se o que fazia era certo. Mas na hora da alição lembrou de orar. Parece com tantos de nós: só lembra de Deus quando as coisas apertam!
         Mesmo assim, Deus ouviu sua oração e o livrou. Isso se chama GRAÇA.  DEUS é misericordioso. Por isso podemos orar e pedir livramento. Podemos confiar num Deus que é " clemente e misericordioso", como Jonas dirá mais tarde.
         A angústia de Jonas serviu para ele refletir. Iria morrer e nunca mais veria o santo templo, o lugar onde Deus morava. Assim orou pedindo livramento. E obteve.
         Na hora da alição não podemos nos desesperar, mas é tempo de refletir. Não terá sido por culpa nossa? Onde foi que erramos? Se somos inocentes e temos consciência disso, também podemos orar. Mas a lição é clara: sofrimento não é para desespero, e sim para REFLEXÃO E ORAÇÃO. Quem sofre, não perde a fé. Não se desespere. Reflita sobre a situação, sobre o poder de Deus, sobre sua graça, e ore. Jonas orou e foi atendido: "e entrou a ti a minha oração, no teu santo templo". A oração de um aflito sempre entra na presença de Deus.

Pense nisso! e nunca deixe de orar ao Senhor!!!

terça-feira, 4 de maio de 2010

Uma Segunda Chance - Um novo começo!

         Deus nos ama e perdoa vez após outra (2cr 7.14)

         Muitas vezes, o cristão que aceita as dádivas do senhor comete falhas na sua caminhada cristã e por esse motivo, deixa de seguir a Deus com perseverança, talvez por vergonha, medo, timidez...
         Mesmo assim, a grandeza de Deus é tão infinita que pela sua graciosidade, ele possibilita outra vez um novo começo, uma grande oportunidade para uma segunda chance.
Além da abrangência do perdão, as escrituras nos mostram vários acontecimentos nos quais Deus reverteu determinadas condições ou circunstâncias e deu a seu povo a chance de um recomeço. A mãe de Moisés por exemplo, teve uma segunda chance de criar seu filho (Êx 2.7-9).
        Miriã recebeu uma segunda chance quando Deus a perdoou de seu espírito rebelde e a curou da lepra (Nm 12. 10-15). A esterilidade de Ana foi revertida para que pudesse gerar Samuel e dedicá-lo ao Senhor  (1Sm 1.2-28).
        A mulher que foi pega em adultério também ganhou uma segunda chance, uma nova oportunidade de uma vida temente a Deus (Jo 8.3-11), pois a misericórdia de Deus e a sua justiça sempre estão em equilíbrio. Mesmo que passemos por consequências temporárias por andarmos em desobediência podemos receber o perdão e a certeza da vida eterna, porque nossos pecados estão cobertos pelo sangue de JESUS.
        Uma nova oportunidade, não significa, nescessáriamente, ausência de consequências, pois a justiça de Deus, frequentemente , não impede que a pessoa que cometeu erros no passado não sofra consequências, mesmo quando ela volta a andar numa vida de obediência.
Sua misericórdia, porém, continua a lhe oferecer a proteção de um Pai gracioso e perdoador...
Deus é sempre fiel, e ele nos enxerga com olhos que só ele consegue ver, os olhos da alma, ele é o único que Lê nosso coração...
Para meditar:
(Lc15.20; e Jo 10 28-29)

        Nele,
que pela sua misericórdia e graça, nos enviou seu filho amado pra morrer na cruz pelos nossos pecados!!!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

"Libertos pela lei, andamos em novidade de espírito"

Lembranças que a Cruz nos traz

Recentemente pude ouvir um desabafo de uma pessoa amiga,  isso me tocou imensamente, e por esse motivo, gostaria de registrar aqui, nesse meu pequeno espaço, umas poucas palavras para meditarmos.
Veja bem, em  Romanos 7:6 lemos:

"Mas agora fomos libertos da lei, havendo morrido para aquilo em que estávamos retidos, para servirmos em novidade de espírito, e não na velhice da letra"

Muitas vezes ouvimos pessoas  dizerem:
Eu sou crente, mas tenho muitas dúvidas . A principal delas é quanto ao meu perdão. EU SEI que Jesus Cristo me perdoou, mas EU NÃO ME SINTO perdoado, eu não mereço isso, fui ruim demais no passado pra merecer tão grande mérito.    Muitos irmãos se deixam atordoar por esta dúvida ( que, em alguns, é mais uma certeza de que não foram perdoados) No fundo, a teologia do mérito( aquela de que Deus só salva quem é bom) anula a teologia da graça ( Deus salva por causa da bondade dele, não por causa da nossa bondade)
        Então, nós encontramos nas palavras do apóstolo Paulo aos Romanos no capítulo 7:1-25, sobre o poder da cruz em nossa vida. Deveríamos colar esses versículos em uma placa enorme e nos deixar transformarmos por suas verdades a cada dia.
        É maravilhoso ler o verso 1º que diz: "Portanto, agora já não há condenação para os que estão em CRISTO JESUS"
       "Estamos em dívida, não para com a carne, para vivermos sujeitos à ela" (verso 12)
        " Aqueles que vivem de acordo com o espírito, tem a mente voltada para  que o espírito deseja "(verso 5)
        "Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus"(v 14)
        "O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus (v 16)

         Paulo nos deixa algumas verdades espalhadas a partir da cruz, para que delas nos lembremos.
         Precisamos nos lembrar que não há nenhuma condenação contra nós. Não temos mais dívida com a lei. Nossa ficha está limpa.
         Precisamos nos lembrar que a vida no Espírito é uma possibilidade concreta.
         Precisamos lembrar que nossa dívida é viver uma vida dígna na presença de Deus.
         Erramos quando colocamos o foco na DÚVIDA acerca de nossa libertação. Esquecidos que somos "Herdeiros de Deus e Co--herdeiros com Cristo" (Rom 7.15)
         Não permitamos que espíritos deste século nos escravizem, estabelecendo novas dívidas que ja foram pagas.
        Erramos também quando colocamos o foco no SOFRIMENTO que experimentamos. Não podemos nos esquecer que "os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada" (v. 18)
       Não há lugar para dúvida. Quem nos diz que somos filhos de Deus é o próprio espírito santo, que lança fora toda a dívida de condenação e toda a dúvida sobre nossa condição.
   
Que Ele abençoe poderosamente nossas vidas!

terça-feira, 20 de abril de 2010

Minha oração a Deus!

                                                       Senhor!

        Tu disseste em tua palavra que tu não me chamaste para a impureza, mas sim para a santificação( 1 ts 4:7).
        Tu me escolheste para ser santa e irrepreensível diante de ti. Santa, não significa ser isenta de pecados paizinho, sei que sou pecadora, mas o significado da palavra "santidade", "ser santa", " purificada", é no sentido de me tornar separada pai, separada das coisas imundas desse mundo, das coisas insanas, das coisas vãs, das coisas que sei que tu abominas senhor!!!
Tu me escolheste para ser santificada pelo sangue do seu filho JESUS ( 1 Co 6:11). Tu colocaste sobre mim tua retidão e me capacitaste para que eu pudesse me revestir "em justiça e retidão" ( Ef 4:24). Continua a purificar-me pelo poder de teu Espírito. Ajuda-me a apegar-me ao bem oh pai, e a manter-me sempre pura, através da misericórdia da tua graça. ( 1 Tm 5:22)
        Senhor, ajuda-me a separar-me de qualquer coisa que não seja santa. Não quero desperdiçar minha vida com coisas que não tem valor algum. Dá-me discernimento para reconhecer aquilo que é sem valor e removê-lo da minha vida. Ajuda-me a não me entregar a coisas impuras, mas sim a escolher aquelas coisas que cumprem teus planos para minha vida. Capacita-me para que eu faça o que for necessário a fim de retirar de minha vida tudo que não provém de ti.
        Mostra-me como destruir todos os possíveis "ídolos" da minha vida e eliminar qualquer fonte de pensamentos impuros da minha mente. Ajuda-me a examinar meus caminhos para que eu possa voltar às tuas veredas sempre quando eu sentir que eu estiver me desviando dos teus caminhos.
         Senhor, quero ser santa como tu és santo. Faze-me participante de sua santidade e que meu espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros.Retira de mim tudo aquilo que não glorifica o teu nome senhor!
         Obrigada, porque sei que tú me guardarás pura e santa de modo a estar totalmente preparada para aquilo que tu tens para mim.

É a minha oração, em o nome do senhor Jesus!
Amém!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Por que Senhor? Por que comigo???

        Gosto muito de pensar...
        A vida da gente mais parece uma roda gigante, as vezes estamos no alto, outras vezes no baixo, e é justamente nesses altos e baixos da vida que tenho parado pra meditar, refletir....E fico muitas vezes, me interrogando porque Deus permite que aconteçam determinadas coisas nas nossas vidas.
       Por que?
       Esta é uma das perguntas mais difíceis de toda a teologia:
       POR QUE DEUS PERMITE QUE COISAS RUINS ACONTEÇAM À PESSOAS BOAS?
       Deus é eterno, infinito, onisciente, onipresente, onipotente, etc. Por que nós, seres humanos (que não somos eternos, infinitos, oniscientes, onipresentes, onipotentes) vamos esperar que sejamos capazes de compreender inteiramente os caminhos de Deus?
Se meditarmos na palavra de Deus,no livro de Jó, veremos que Deus permitiu que satanás fizesse tudo de mais terrível na vida daquele homem, exceto matá-lo, e qual foi a reação de Jó?
      “Ainda que ele me mate, nele esperarei” (Jó 13:15). “... o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor” (Jó 1:21).
       Jó também não compreendia por que Deus estava permitindo que tudo aquilo acontecesse na vida dele, mas ele simplesmente perserverou na confiança que ele tinha em Deus, sabendo que no final, Deus teria um propósito para permitir que ele passasse por aquele caminho.
Esta também deveria ser a nossa reação. Deus é bom, justo, amoroso e misericordioso. Muitas vezes nos acontecem coisas que simplesmente não podemos entender. A nossa limitada capacidade humana e nossa natureza pecaminosa nos leva a questionarmos...mas por que Senhor? por que comigo???

       Se ao invés de lamentar ou questionar, a gente simplesmente crer, veremos que Deus, em sua divina sabedoria e graça, está no controle de todas as coisas e lá na frente, em um futuro bem próximo, ele mesmo nos dará ccapacidade para entendermos que tudo aquilo pode ter sido até mesmo um livramento dele para as nossas vidas.

       O sábio Rei Salomão deixou registrado no livro de provérbios:
“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:5-6).
      Que Deus enriqueça as nossas vidas a cada dia mais, e que reconheçamos que mesmo nas lutas e decepções sempre somos edificados com a sua maravilhosa Graça..BASTA CONFIARMOS NELE.

terça-feira, 6 de abril de 2010

Maldita teologia da prosperidade!

Amaldiçoada seja para sempre... Maldita seja!

Você que engoda os olhos dos humildes com promessas de riqueza
Você que corrompe o coração dos puros com o amor ao dinheiro que é a raiz de todos os males
Você que suja e enegrece a mente daqueles que ao invés de riquezas alimentariam o coração de esperança da salvação
Você que trai o evangelho se dizendo parte do mesmo

Você que é usada e explorada como negócio no campo das idéias mas longe está do espírito
Você que está tão entranhada em um mundo que respeita o ter e não o ser
Você que mente em prol de uma boa causa, mas o seu verdadeiro intento é o poder e Mamom
Você que seca rios e fontes de vida eterna que jorrariam de verdadeiros crentes

Você que cospe na cara daqueles que defendem o verdadeiro evangelho de amor e graça
Você que é defendida por aqueles que sustentam que todo crente deve ser podre de rico e que não reflete a triste realidade de nossos irmãos
Você que como teologia parece vir de mãos dadas com os fariseus cheios de rapina e imundícia em seu interior

Você que não me interessa, pois a graça, a misericórdia e amor do Senhor me sustentam
Você que não me interessa, pois o reino de Deus está dentro de mim e não fora
Você que não me interessa, pois o Senhor me sustenta enquanto durmo
Você que não me interessa, pois que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma?

Postado por ! sem profetada ou sem profetadas! bom humor!

Reflexão:

“Porque o filho do homem veio BUSCAR e SALVAR o que se havia perdido”
Lucas 19:10

Existem alguns aspectos da vida e do ministério de Jesus que parecem não interessar aos defensores da “TEOLOGIA DA PROSPERIDADE”, pois estes depõem literalmente contra tais práticas e crenças. Ao ler a narrativa do encontro de Jesus com Zaqueu fica evidente que há contradições nos argumentos de quem prega este conceito como sendo algo Bíblico. Zaqueu era um homem “RICO” de berço, mesmo não conhecendo e não temendo a Deus e assim como ele existem milhões pelo mundo que ostentam suas posses sem qualquer vínculo religioso seja lá com que igreja for. Portanto, aqui já há algo que depõe contra os TEÓLOGOS DA PROSPERIDADE.

Zaqueu, ao perceber do alto daquela figueira, que Jesus havia notado a sua presença e sendo chamado, desceu foi até a sua casa e lá tomou uma decisão no mínimo inusitada, decisão que bate de frente com os que pregam a posse de bens materiais como graça divina, ele disse: “Senhor, eis que dou aos pobres metade dos meus bens; e, se alguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quadruplicadamente” - Lucas 19:8. A atitude de Zaqueu é de causar constrangimento a quem vive na ilusão da prosperidade uma vez que ele abriu mão de bens para seguir a Cristo. Ora, se o Evangelho é sinal de PROSPERIDADE neste caso as coisas não batem, até porque Jesus arremata dizendo: “Porque o filho do homem veio BUSCAR e SALVAR o que se havia perdido” - Lucas 19:10.
Este texto derruba qualquer argumento dos TEÓLOGOS DA PROSPERIDADE, pois ele deixa claro que Jesus veio para tratar dos problemas da “ALMA” e não do “BOLSO” do cidadão.
A Bíblia é imperativa ao afirmar que Jesus é “O CAMINHO”, “A VERDADE” e “A VIDA”, ele não é um Banco, um Agente Financeiro ou uma Bolsa de Valores, muito menos uma Casa da Moeda. Ao recomendar que devemos buscar PRIMEIRO o Reino de Deus e a sua Justiça ela não abre brechas para a exploração de mecanismos que permitam negociar com a fé na troca pela prosperidade material. A Bíblia trata das riquezas CELESTIAIS e não das MATERIAIS.

Que possamos parar e refletir antes de fazermos nossas escolhas, que possamos escolher a remidora e maravilhosa GRAÇA de Jesus!

Iara.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

"Deus é sempre o melhor conselheiro"


Como é difícil, para muita gente, ser dependente do Senhor Deus. Muitos já alcançaram a sua independência financeira, possuem sua casa e seu carro, estão alcançando e realizando seus sonhos. Outras pessoas podem ainda não ter conseguido nada disso, mas pelo fato de já estarem acima de dezoito anos, não conseguem entender o que é uma vida na dependência do pai.
Um erro que normalmente cometemos é considerar que a nossa idade natural é a mesma idade espiritual. Ainda que não pensemos claramente dessa forma, é assim que agimos. Veja uma criança que teme à Deus, por exemplo; quando ela demonstra dependência do pai do céu, na mesma proporção que é dependente de seus pais. O mesmo não acontece com muitos adultos, que acham que têm uma possibilidade maior de tomar decisões sem uma entrega plena de suas preocupações a Deus.
O pai do céu quer nos instruir, ele quer que precisemos dele,que demonstremos essa dependência total e absoluta, quer ser consultado sobre nossas indecisões, quer participar das nossas lutas, dificuldades, derrotas e tbm das vitórias. Como filhos, independente de nossa idade cronológica ou até do tempo de vida cristã, devemos ser dependentes dele. Ás vezes pensamos que somos "maiores de dezoito", que dirigimos nossa própria vida, espiritualmente falando. TOLICE!
Diante de Deus somos sempre como os filhos que precisam saber de todas as coisas e do melhor caminho a seguir. E isso não irrita ao Pai não, isso dá muito prazer. Ele quer ver em nós essa necessidade de buscá-lo.

"Assim diz o SENHOR, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o SENHOR teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar." (ISAÌAS 48:17)

terça-feira, 30 de março de 2010

Sem razão para viver.

Se pergunto para as pessoas: " Por que você existe?", a maioria não sabe o que responder. Não conseguem explicar o seu propósito no mundo. Não têm nenhuma visão para a vida.
Você tem percepção de propósito pessoal?
Você sabe por que nasceu?
O seu propósito lhe dá paixão para viver?
Você pode me perguntar: "Será que realmente preciso de uma razão para minha existência?" Minha resposta pra você é: "sem dúvida!" A vida não foi projetada para ter significado, você não nasceu somente por nascer. Se tudo que lhe espera depois de trabalhar por anos e anos para uma empresa ou governo ou para outra pessoa é apenas um "relógio de ouro" e uma aposentadoria, então a vida não tem grande significado.
você pode saber por que existe e pode experimentar uma vida marcante à luz desse conhecimento. A vida não precisa ser um exercício sem propósito e repetitivo, porque você não foi projetado para simplesmente nascer, crescer, trabalhar, aposentar e morrer, mas, para ter um propósito e caminhar segundo uma direção...
Não aceite viver sem um sonho...
Talvez nunca tenha ficado claro para você o que gostaria de fazer com a sua vida. Ou talvez você tenha tido um sonho em certa época da vida, mas percebeu que este sonho foi se dissipando devido a circunstâncias desalentadoras ou por causa das atividades diárias.( falo isso julgando por mim mesma ) Mas, não importa quanto dinheiro tenha, se não tivermos uma visão clara para a nossa vida, seremos verdadeiramente pobres...Mas contudo, se conseguirmos enxergar além das circunstâncias presentes, se conseguirmos ter esperança em relação ao futuro, possuiremos a verdadeira riqueza, e isso não importa quanto dinheiro tenhamos em nossa conta bancária. É por isso que a Bíblia nos encoraja com as seguintes palavras:

" Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, planos de fazê-los prosperar e não lhes causar danos, planos de dar-lhes esperança e um futuro" ( jeremias 29:11)

Onde há um sonho há esperança e onde há esperança, há fé e fé é a essência, ou o cumprimento daquilo que esperamos.

Que o Senhor edifique a vida de vocês através dessa mensagem!

Iara.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Caminhada de Bênçãos.

Leitura bíblica : (Deuteronômio 2. 1-7)

DEPOIS viramo-nos, e caminhamos ao deserto, caminho do Mar Vermelho, como o SENHOR me tinha dito, e muitos dias rodeamos o monte Seir.
Então o SENHOR me falou, dizendo:
Tendes rodeado bastante esta montanha; virai-vos para o norte.
E dá ordem ao povo, dizendo: Passareis pelos termos de vossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitam em Seir; e eles terão medo de vós; porém guardai-vos bem.
Não vos envolvais com eles, porque não vos darei da sua terra nem ainda a pisada da planta de um pé; porquanto a Esaú tenho dado o monte Seir por herança.
Comprareis deles, por dinheiro, comida para comerdes; e também água para beber deles comprareis por dinheiro.
Pois o SENHOR teu Deus te abençoou em toda a obra das tuas mãos; ele sabe que andas por este grande deserto; estes quarenta anos o SENHOR teu Deus esteve contigo, coisa nenhuma te faltou.

Bênçãos não significam ausência de problemas. O trecho acima foi escrito quando os 40 anos de peregrinação estavam chegando ao fim. Nesse período muitos foram os desafios e as lutas na travessia, mas também as experiências espirituais mais preciosas.
A História do êxodo é preciosa e rica para nos ensinar o quanto Deus é fiel em prover para seu povo. Deus conhece nosso deserto pessoal. às vezes achamos que vamos perecer sem esperança num mundo cada vez mais cheio de pressão. Então Deus, que é especialista em soluções inusitadas, surge com a resposta para nossas agruras.
Conta=se que certa vez um náufrago, conseguiu sobreviver numa ilha, construindo com muito sacrifício, uma cabana de madeira. Todos os dias ele observava o mar na esperança de que algum navio passasse e viesse resgatá-lo. Em suas orações ele agradecia por ter sobrevivido e pedia a Deus que mandasse o resgate. Numa de suas saídas para pescar, ele esqueceu uma vela acesa que provocou um incêndio, reduzindo seu único abrigo a cinzas e queimando não apenas a cabana, mas todo o suprimento armazenado por meses. Ao ver seu abrigo totalmente destruído, o homem em lágrimas orou a Deus e perguntou: "Por que, Senhor? Por que isso foi acontecer comigo?" Enquanto lamentava sua perda o homem sentiu uma mão em seu ombro e ouviu uma voz que dizia..." Você está com sorte, moço! Vimos seu sinal de fumaça e resolvemos averiguar até que o encontramos. Vamos embora daqui?
Uma caminhada de bênçãos pode incluir alguns momentos de angústia, mas nosso Deus sempre cuida de nós.
( extraído do Manancial )

Que Deus abençoe ricamente a vida de todos que passarem por aqui,
Iara

terça-feira, 9 de março de 2010

O Poder do Louvor

Leitura para reflexão: 2 crônicas 20.1-22
Muitas vezes, quando estamos passando por provações somos levados a nos abater, a vida nos parece querer consumir, e tudo parece perder valor, nada mais parece ter sentido pra nós, não é verdade?
Mas no texto que vamos meditar hoje vemos que quando Josafá foi informado de que os Amonitas e os Moabitas iriam atacá-lo, ele convocou todo o povo, proclamou jejum e orou ao Senhor.
Aos olhos humanos a derrota era certa. Os inimigos eram bem mais fortes e numerosos. No entanto, Deus respondeu a oração e garantiu que eles seriam vitoriosos. " Não temais, não vos assusteis... pois a peleja é do vosso Deus". " Assim que Jaaziel terminou de falar da parte de Deus, todo o povo prostou-se em terra e começou a adorar a Deus. Antes mesmo da vitória, ou mesmo da batalha, o povo pôs-se a louvar a Deus. Por quê? Porque eles criam no Deus Todo Poderoso, Possuíam fé, crendo na vitória antes mesmo que ela acontecesse, por isso louvavam.
Esse episódio nos trás uma grande lição. O nosso louvor deve ser fruto da nossa fé em Deus. Quando não existe uma fé genuína, o nosso "louvor" não passa de meras palavras, sentimentos inconstantes, cantorias.
Olhando para a nossa vida, quantos livramentos Deus ja efetuou, quantas vitórias, quantas lutas ele ja pelejou por nós,quantas bençãos!
LOUVEMOS A DEUS! "...pois Ele é bom: a sua benignidade dura para sempre". (Sl100.1) A resposta de Deus ao louvor do seu povo foi imediata, Assim que começaram a louvar, "...O Senhor pôs emboscadas contra os homens de Amon, de Moabe e do monte Seir..."(v.22). Existe uma batalha à sua frente? Louve a Deus, louve, louve, louve. SIMPLESMENTE LOUVE E CREIA!!!

Que o senhor Jesus abençoe poderosamente a vida de vocês,
Iara.

sábado, 6 de março de 2010

Boa tarde amigos e amigas que acessam o meu blog,

Entro aqui diariamente e dedico um pouquinho do meu tempo pra falar do amor de Deus pra vocês e hoje pela manhã quando acordei estive meditando em algo para postar aqui,e no momento estou aqui digitando e ainda não tenho certeza das palavras que vão sair, mas tenho pedido ao Espírito Santo de Deus que me inspire a escrever...
Sempre que tenho alguma dúvida a respeito de algo, é na ORAÇÃO que encontro as respostas. Realmente Deus não rejeita nossas orações de maneira nenhuma.
Logo depois de pedir essa direção de Deus pra essa postagem, lembrei-me de um
trecho que me tocou muito o coração, encontra-se no livro entitulado "UMA MULHER SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS" de autoria da Orientadora de estudos bíblicos, ELIZABETH GEORGE, e eu decidí transcrevê-lo pra vocês:

"-ESCOLHER OS CAMINHOS DO SENHOR EM TODAS AS OPORTUNIDADES-

Comprometa-se com você mesma a escolher ativamente Deus e seus caminhos, em toda decisão, palavra, pensamento e resposta.
A palavra PRIORIDADE significa PREFERÊNCIA.
Nossa escolha deve ser os caminhos de Deus em todas as coisas.

Provérbios3.6 - " Reconhece-o em todaos os teus caminhos e ele endireitará as tuas veredas"

Esse deveria ser sempre o versículo-tema de nossas vidas!Ele descreve uma parceria de mão dupla entre nós e Deus: nossa parte é fazer cessar nossa própria atuação e admitir unicamente a ação divina.A parte de Deus é dirigir nossos caminhos. Devemos consultar a Deus em toda decisão, palavra, pensamento ou resposta. Antes de prosseguirmos em nossas decisões ou simplesmente agirmos por nós mesmas, precisamos parar e pedir: " Senhor, o que queres que eu faça- ou pense, ou diga- nesse momento ou aqui?

O que o texto de provérbios 3.6 significa em nossa vida diária? Deixe-me responder com um exemplo:

Estou no decorrer do dia e cruzo com alguém que me diz algo que me fere. Antes que eu responda com rancor(este é o meu alvo, a qualquer preço), antes de lançar um olhar de aborrecimento, tento outra vez parar de agir por mim mesma...sentar-me na presença de Deus...e erguer-lhe meus pensamentos: "Senhor, o que queres que eu faça agora? O que queres que eu diga? como queres que eu aja? e ainda pergunto: " que expressão devo ter em minha face ao ouvir essas coisas?" Com isso, estou confessando que Deus mesmo escolhe os meios, as maneiras, os métodos em minha vida. Esta é a minha parte.
Quando eu faço a minha parte, Deus assume e faz a parte dele: ele dirige meus caminhos! É quase como se os pensamentos que afloram a minha mente viessem dele- e não do meu modo-, Ele dirige meus passos. ele me instrui e me ensina o que fazer, como agir e o que dizer (salmos 32.8).
Deus é fiel à sua promessa: "...os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele" (Isaías 30.21)"


Essa é a palavra que tenho pra vcs no dia de hoje, que ela seja de grande edificação pras suas vidas,

Abraços,

Iara.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Recado da parte de Deus

Leitura bíblica:

"E sucedeu que, estando Josué perto de Jericó, levantou os seus olhos e olhou; e eis que se pôs em pé diante dele um homem que tinha na mão uma espada nua; e chegou-se Josué a ele, e disse-lhe: És tu dos nossos, ou dos nossos inimigos?
E disse ele: Não, mas venho agora como príncipe do exército do SENHOR. Então Josué se prostrou com o seu rosto em terra e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu senhor ao seu servo?
Então disse o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim. (Josué 5.13-15)


Com tanta tecnologia disponível, a comunicação passou por grandes transformações. Nós nos falamos pouco e rápido, escrevemos menos ainda e os bilhetinhos, cartas ou outra comunicação pessoal, mais próxima, não existe. O mais comum são os torpedos ou longos bate-papos em salas virtuais.
Mas podemos enviar recados de diversas maneiras, dependendo da nossa intimidade com as pessoas, variam em número, tamanho e importância e causam-nos diferentes reações. Eles produzirão em nós atitudes que podem ou não ser percebidas pelos que nos rodeiam. E até nos impulsionar a prosseguir ou retroceder.
Um menino observava a senhora que limpava uma grande janela e lutava com uma mancha que teimava em não sair. Ele ria muito, irritando ainda mais a senhora, que lhe pergunta o motivo de tanto riso. E ele responde:
- Estou esperando para ver quanto tempo a senhora demora para descobrir que a mancha está do lado de dentro.
Josué foi informado, pelo recado que recebeu de Deus através do príncipe do exército do Senhor, de que pisava em terra santa.
Quem sabe hoje o Senhor quer nos dizer que pisamos em terra santa. Talvez estejamos lutando para limpar a nossa vida de sujeiras externas. Que tal observarmos se a mancha não está do nosso lado de dentro? Em nosso interior? Ele quer nos ajudar.
Creiamos nisso!

quinta-feira, 4 de março de 2010

Amigos de Verdade

(1 crônicas 12.16-22) " De dia em dia concorriam a Davi para o ajudar, até que se fez um grande exército, como o exército de Deus" (v.22)
Andam falsificando de tudo hoje em dia: CDs, tênis, comida, produtos eletrônicos, diplomas, grifes famosas, obras de arte e até dinheiro. Será que andam falsificando amigos também? Será que eu já levei uma falsificação de um amigo achando que era um legítimo? Resolvi aprofundar as averiguações. Preciso de um método consagrado, talvez o mesmo que os especialistas utilizam para diferenciar o dinheiro falso do verdadeiro: a marca d'água.Pensei: Se colocar os supostos amigos contra a luz, iluminando as suas ações, palavras, silêncio, será que vão saltar aos olhos as marcas de legitimidade? Tem aquelas fitinhas que atravessam algumas notas de papel por dentro. Quando eu olho para dentro dos pretensos amigos, o que encontro la no seu interior? No amigo de verdade, as qualidades estão presentes além das aparências. por fim tem o teste do tempo. Notas falsas, logo que descobertas são descartadas, não tem durabilidade enquanto perdem o valor. Amigos de verdade resistem ao tempo, trazendo sorrisos, lágrimas, conversas, sonhos que deixam marcas que autenticam o valor da amizade.
Davi cercou-se de cooperadores que se revelaram amigos de verdade para os tempos de desafio. Aplique esse teste no seu círculo de amigo. Mas quero convidá-lo a aproximar-se de um GRANDE AMIGO, que passa neste e em qualquer outro teste de legitimidade, pois como ele mesmo disse: "Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus AMIGOS" Jesus Cristo (Jo 15.13).

Blog da Iara

Estou iniciando esse blog para tentar expor minhas idéias, meus pensamentos, reflexões e opiniões acerca de diversos assuntos do dia-a-dia, pra ser sincera, nem sei por onde começar, acho que ja comecei...rsss

Boas Vindas da Autora

Sejam muito bem vindos à esse blog, que ele seja de grande edificação espiritual para suas vidas e que o conteúdo possa tocar realmente seus corações.



Fiquem à vontade e deleitem-se na leitura das mensagens.





























O chip do futuro

Loading...