Seja bem vindo ao meu cantinho!!!

Obrigada por acessar minha página, espero que goste, e que o conteúdo seja edificante para você!



terça-feira, 26 de outubro de 2010

Fertilizando a nossa fé!

       Hoje gostaria de falar um pouco de FÉ.
                                                                    O QUE É FÉ?
        A bíblia nos diz que "A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem." (Hebreus 11:1)

         Portanto, nossa fé não resume-se em meras doutrinas, ela é o resultado da intimidade que adquirimos através do nosso relacionamento com o pai.
Fé, não se resume à um conjunto de dogmas e regras, Fé é bem mais que isso, Fé é relação íntiima e profunda com Deus, e para desenvolvermos esse adjetivo na nossa vida, é nescessário que tenhamos conhecimento e obediência da palavra de Deus.
        Quando nos convertemos, o espírito Santo de Deus nos invade e vamos enchendo nosso coração de fé.
        A bíblia diz que" a fé vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus" e é por isso que é importantíssimo a leitura da bíblia e sua meditação dia à dia.
O fruto da nossa fé deve ser visível na nossa casa, no trabalho, na rua, de forma que as pessoas reconheçam algo diferente através de nossa vida. Muitas vezes somos impacientes na fé, não sabemos esperar o tempo de Deus, queremos que tudo aconteça ao nosso modo, mas devemos crer que se Deus está no controle de todas as coisas, ele também saberá o momento certo de tudo acontecer nas nossas vidas, pois apenas ele conhece nosso futuro.
        Saiba que se Deus te plantou onde você está é porque ele quer que você dê frutos aí mesmo. Quando observamos um bonito jardim, cheio de plantas lindas e árvores frutíferas, veremos também que foi nescessário que alguém fizesse uma reestruturação naquele lugar para que essas plantas começassem a nascer, foi nescessário arrancar as ervas daninhas, arrancar as pedras e só a partir daí é que o ambiente foi se transformando. Pois é exatamente isso que Deus quer realizar nas nossas vidas, ele quer que cuidemos do nosso pomar da vida, quer que tiremos as possíveis " ervas daninhas" da nossa vida, e quer que floresçamos na fé.
Não há deserto, não há chão duro demais que não possa ser fertilizado e que não possa florescer. Não existem famílias difíceis demais, nem trabalho tão terrível.
Nós fomos plantados onde estamos exatamente para mudar o ambiente ao nosso redor. O fruto da nossa fé é saber transmitir a essência de Deus exalando o doce perfume de Cristo através das nossas vidas.
        Jesus Cristo quer fertilizar a nossa fé a cada dia, mais e mais.

        Que nós possamos refletir nessa palavra e permitir que Deus trabalhe  isso em nossos corações!

Que ele abençoe a sua vida!

Iara

8 comentários:

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamada Iara,

Coisa linda este teu espaço virtual! Gostei do que vi e já estou constando como seu seguidor.
Gosto de escrever e, por isso, de tagarelar. Deixe eu reforçar esta sua magnífica mensagem:

Quando a Bíblia nos desafia a crer em Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, ela está apelando para a FÉ que satisfaz o intelecto, as emoções e a vontade. Para que a nossa FÉ seja completa, precisamos optar e agir em consonância com a escolha que fizermos.
E como devemos exercitar a nossa FÉ em Jesus, como Aquele que nos salva do pecado?

>O nosso intelecto deve crer nas narrativas e fatos do Evangelho de Cristo;
>As nossas emoções precisam reagir com amor e gratidão;
>A nossa vontade precisa fazer a opção de receber o dom da vida eterna oferecida por Deus Pai– “Porque deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” - (Jô 3:16)

Alberto Couto Filho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Alberto Couto Filho disse...

Acionada a nossa vontade, nos portamos, baseados em três ações distintas: a decisão, o acatamento e a reação
Frustrado ante a indecisão dos israelitas quanto a adorar o nosso Deus ou a Baal, disse o profeta Elias: “Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o” (1Rs 28:21).
Demonstrado ao povo o poder de Deus e a total impotência de Baal, os israelitas se decidiram por Deus.
Podemos concluir, então, que a decisão é a ação da vontade em resposta às informações reunidas e avaliadas pela nossa mente.
Podemos avaliar a ação de acatar como o lado passivo da nossa decisão, da mesma forma que a nossa reação é o lado ativo que nos leva a aceitar Jesus; de admiti-Lo como nosso Único e Suficiente Salvador.
Deus, continuamente, perdoa os nossos pecados e nos brinda (abençoa) com o dom da vida eterna, desde a morte de Seu Filho. Quando decidimos que o Evangelho é verdadeiro e que nos apraz participar de todos os seus benefícios, cremos, piamente, que todas as dificuldades e barreiras serão removidas e que Deus nos salvação e vida eterna (Jo 1:9-12).
Portanto, pela FÉ, a minha vontade não aceita simplesmente o dom de Deus, mas reage, de imediato, a esse dom, mostrando-se grata – “Graças a Deus pelo seu dom inefável” - (2Co 9:15) e, ato contínuo, responde com a realização de boas obras – “.......Eu e minha casa serviremos ao Senhor” - (Js 24:15).
Finalmente, a FÉ é a expressão da nossa vontade, depois de iniciada em nossas mentes e corações.
Saber transmitir a essência do Deus vivo é, como disse, sabiamente, a amada irmã, o fruto desta nossa FÉ.

Alberto Couto Filho disse...

Acionada a nossa vontade, nos portamos, baseados em três ações distintas: a decisão, o acatamento e a reação
Frustrado ante a indecisão dos israelitas quanto a adorar o nosso Deus ou a Baal, disse o profeta Elias: “Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o” (1Rs 28:21).
Demonstrado ao povo o poder de Deus e a total impotência de Baal, os israelitas se decidiram por Deus.
Podemos concluir, então, que a decisão é a ação da vontade em resposta às informações reunidas e avaliadas pela nossa mente.
Podemos avaliar a ação de acatar como o lado passivo da nossa decisão, da mesma forma que a nossa reação é o lado ativo que nos leva a aceitar Jesus; de admiti-Lo como nosso Único e Suficiente Salvador.
Deus, continuamente, perdoa os nossos pecados e nos brinda (abençoa) com o dom da vida eterna, desde a morte de Seu Filho. Quando decidimos que o Evangelho é verdadeiro e que nos apraz participar de todos os seus benefícios, cremos, piamente, que todas as dificuldades e barreiras serão removidas e que Deus nos salvação e vida eterna (Jo 1:9-12).
Portanto, pela FÉ, a minha vontade não aceita simplesmente o dom de Deus, mas reage, de imediato, a esse dom, mostrando-se grata – “Graças a Deus pelo seu dom inefável” - (2Co 9:15) e, ato contínuo, responde com a realização de boas obras – “.......Eu e minha casa serviremos ao Senhor” - (Js 24:15).
Finalmente, a FÉ é a expressão da nossa vontade, depois de iniciada em nossas mentes e corações.
Saber transmitir a essência do Deus vivo é, como disse, sabiamente, a amada irmã, o fruto desta nossa FÉ.

Alberto Couto Filho disse...

Iara, minha irmã

Veja que o meu computador não gosta muito de mim e repetiu por duas vezes a segunda parte do comentário.
Bem, eu também não o suporto - vivemos às turras; aos tapas. Todavia,nós nos amamos. rsrsrs
Abençoe-te Deus, abundantemente,
Seu conservo em Cristo
Alberto

Presb. Fabio Scofield disse...

Olá! Irmã Iara, Graça e Paz...

Maravilhoso texto de reflexão, Parabéns!

"A fé é uma semente que só germina no deserto da provação, regada pelas lagrimas sa submissão, sobre o forte calor do sol da esperança"

Deus te abençoe ricamente...

Luciano disse...

Iara e Lara, a Paz!
Excelente texto de como desenvolver s fé e ao mesmo tempo intimidade com Deus.

Que a familia de vocês continue em Cristo Jesus, se fortalecendo e aprendendo mais e mais.

Graça e Paz!

RADIO GOSPEL MUSIC LIFE disse...

RADIO GOSPEL MUSIC LIFE

http://crescerevencercomjesus.blogspot.com

Boas Vindas da Autora

Sejam muito bem vindos à esse blog, que ele seja de grande edificação espiritual para suas vidas e que o conteúdo possa tocar realmente seus corações.



Fiquem à vontade e deleitem-se na leitura das mensagens.





























O chip do futuro

Loading...